Lagunas Andinas

A expedição

Já no início do dia durante o nosso inesquecível café da manhã, seremos privilegiados com a companhia do nosso guardião, o vulcão Licancabur. Essa aventura nos permitirá experimentar o lado selvagem da fauna e flora do deserto, a beleza do famoso Moai de Tara, que em rapanui significa “o rosto vivo dos nossos ancestrais”, e a grandiosidade dos Monges de La Pacana, exageradas formações rochosas esculpidas pelas chuvas e ventos.

Esta rota foi criada em alternativa ao Salar de Tara, que segue fechado desde 2018 pela CONAF – Corporação Nacional de áreas florestais.

Paradas principais: Moais de Tara e Salar de Aguas Calientes 1.

Horário: 6h30 às 15h30.
Clima: Frio, vento e sol
Altitude total do dia: 2.500 a 4.800 msnm.
Nível de dificuldade: Fácil.
Restrição etária: Mínimo 7 anos.
Inclui: Café da manhã e almoço.
 Não paga entrada.
 
Informações adicionais:

Os grupos desse passeio são de mínimo quatro e máximo oito pessoas por veículo.
Os horários de saída e retorno indicados na descrição do passeio é referente a saída e retorno do hotel. São horários estimados e podem variar de acordo com o ritmo do grupo, condições climáticas do dia e conforme a época do ano.
A altitude do dia, informada na descrição do passeio é referente a distância vertical, em metros entre o nível do mar e outro ponto, indicado pela unidade de medida msnm – metros sobre o nível do mar.

Itens indispensáveis

Roupa para frio extremo, com temperaturas a baixo de zero, como luvas, gorros, meia térmica, jaqueta de plumas e botas de frio. Também leve roupa leve para o retorno, de preferência manguinhas longas (efeito cebola). Além disso sempre recomendamos o uso de chapéu ou lenço para se proteger do sol.

 

Quero explorar as lagoas Andinas!